quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Um Gato em Paris (Une Vie de Chat)

"Um Gato em Paris" é uma charmosa animação 2D que possui uma linguagem visual muito interessante, e que vai contra toda essa onda 3D.
Dino é um gato que divide sua vida entre o dia com Zoé, filha de Jeanne, e a noite com Nico. Jeanne é uma delegada que está investigando uma série de roubos misteriosos, e ainda terá que proteger um monumento de arte africano que está para chegar na cidade. Nico é um ladrão que passeia a noite pelos telhados de Paris na companhia de Dino, mas o maior perigo está em Victor Costa, um temível bandido e sua gangue que certamente tentará roubar o monumento. Zoé é uma criança traumatizada pela morte de seu pai e vive mais tempo com a babá que com a mãe que nunca está em casa. Dino será testemunha de tudo e será a peça chave entre todos os personagens e suas aventuras. A trama do filme é bem simples, porém repleta de nuances, pode ser apontada como uma espécie de realismo fantástico, mas a história aborda temáticas bem reais.
O longa ainda se difere de outros filmes do gênero por não humanizar a personalidade do gato. Dino apesar de demonstrar uma inteligência atípica, não fala e não anda sobre duas patas. De fato o tema de "Um Gato em Paris" é simples, mas é preciso atenção para se compreender todos os significados, como no caráter dos ladrões. Nico rouba jóias se aventurando nos telhados, mas é uma boa pessoa e não teria coragem de cometer um ato de crueldade contra alguém, mas Victor é um homem sem escrúpulos que é capaz de tudo. Além da abordagem da perda de um ente querido, uma mãe que trabalha e cuida da filha sozinha, há também questões como trauma e vingança, tudo contado de uma maneira muito especial.

O traço é expressivo e se vê nas características das personagens, (lembrando as pinturas de Pablo Picasso), através de sutilezas em suas expressões corporais, como o jeito de andar de Nico representando o andar do gato, ou faciais, como os olhos semi-cerrados da pequena Zoé, representando toda a carência e a tristeza sentida. E nem Paris escapa desse expressionismo.
Uma trama policial que envolve principalmente os adultos, mas que inevitavelmente cai na infantilidade várias vezes, porém é uma surpresa agradável para quem gosta de animação com estilo, e claro, gatos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SE FOR COMENTAR, LEIA ANTES!

NÃO ACEITO APENAS DIVULGAÇÃO.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...